VAMOS CONHECER A HISTÓRIA DE SÃO JOÃO E APRENDER UMA RECEITA DE LAMBER OS BEIÇOS

Por CLUBE DA GURIZADINHA      24/06/2022 09:27:48    
Buenas! Piazada, é São João Festa junina, tchê!

Olha a cobra... é mentira!

Hoje, 24 de junho, é comemorado o São João uma festa típica dos estados do Nordeste do nosso país, mas tri significativa e que neste pago é muito bem aproveitada!  Tchê, quem nunca pulou uma fogueira ou dançou a quadrilha e se vestiu de caipira?! É loco de especial!

Sem falar das comidas típicas, né?! A piazada se lambuza em um bom cachorro-quente, num pinhão cozido, numa canjica, num bolo de milho, numa rapadura e por aí vai! E os adultos?! Ah! Esses adoram um delicioso quentão!

Barbaridade!

Vivente, tu conheces a origem de São João?! Hoje vamos te contar essa baita história e saber, afinal de contas, como essa festa surgiu. Então, pega teu mate e te aprochega!


Ah! Para contar essa prosa, o Clube encontrou dois artigos (bem bacanas) no portal Brasil Escola e iremos usá-los como fonte por aqui! Começaremos, então, com o surgimento do dia de São João:


“Havia, na segunda quinzena do mês de junho, quando ocorria o solstício de verão na Europa, o culto a deuses da natureza, das plantações, colheitas, etc. Um desses deuses era Adônis, que, segundo o mito grego, foi disputado por Afrodite (deusa do amor) e Perséfone (deusa dos infernos). A disputa foi apaziguada por Zeus, que determinou que Adônis passaria metade do ano com Afrodite, no mundo superior, à luz do Sol, e a outra metade com Perséfone, no mundo inferior, nas trevas. Essa disputa entre deusas acabou sendo associada aos ciclos naturais da vegetação, que morre no inverno e renasce e vigora na primavera e verão. O culto a Adônis, cujo dia específico era 24 de junho, tinha por objetivo a celebração dessa renovação, da “boa-nova” do renascer da natureza. Essa ideia foi assimilada pelo cristianismo, que substituiu Adônis por São João Batista. São João Batista, na tradição cristã, anunciou a “boa-nova” (boa notícia) da vinda do Cristo, filho de Deus, salvador da humanidade, que “renovaria todas as coisas”. Foi ele também que batizou Cristo no rio Jordão. Da história de São João, a cultura popular europeia retirou vários símbolos, que passaram a se mesclar com os tradicionais ritos de colheita remanescentes do culto a Adônis. Um dos símbolos mais importantes é a fogueira.”(FERNANDES, Cláudio. “24 de junho - Dia de São João”; Brasil Escola).

E quando a festa chegou ao Brasil?! Tchê, ainda de acordo com o portal Brasil Escola, a festa chegou ao nosso país no século XVI.

“As festas juninas eram tradições bastante populares na Península Ibérica (Portugal e Espanha) e, por isso, foram trazidas para cá pelos portugueses durante a colonização, assim como muitas outras tradições. Quando introduzida no Brasil, a festa era conhecida como festa joanina, em referência a São João, mas, ao longo dos anos, teve o nome alterado para festa junina, em referência ao mês no qual ocorre, junho. (...) Além disso, a evolução da festa junina no Brasil fez com que ela se associasse a símbolos típicos das zonas rurais. O crescimento da festividade aconteceu sobretudo no Nordeste, região que atualmente possui as maiores festas.” (SILVA, Daniel Neves. “Origem da festa junina”; Brasil Escola).

Bacana né?!

O Clube sabe que a gurizada se amarra em um baita lanche. Pensando nisso, vamos ensinar uma receita de deixar o bucho roncando! Então, já vai separando os ingredientes que vamos fazer uma bela CANJICA:
Que baita boia, vivente! Ah! A receita está disponível no site TudoGostoso.


Tchê, o Clube da Gurizadinha está sempre atento em trazer curiosidades, histórias e atividades tri legais! Ademais, incentivamos o hábito e o gosto pela leitura nos pequenos, ao mesmo tempo, em que ensinamos a eles sobre as façanhas e costumes do nosso Estado - que são motivo de tanto orgulho para a gauchada!

 

Fontes de pesquisa:
- FERNANDES, Cláudio. "24 de junho - Dia de São João"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/detalhes-festa-junina/origem-festa-sao-joao.htm.
- SILVA, Daniel Neves. "Origem da festa junina"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/detalhes-festa-junina/origem-festa-junina.htm. Acesso em 18 de maio de 2022.

2019 Copy - CLUBE DA GURIZADINHA - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas